quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Na verdade, foram poucas as pessoas que me mantiveram segura.
Foram tão poucas...as que puderam conviver com meus defeitos, com meus medos, foram sim, contaria nos dedos.
Uma pequena quantidade que na verdade, sabe o que é amor de verdade.
Que me fizeram sorrir mesmo em  momentos tristes, que me fizeram derrotar os fantasmas que me assombravam e me ajudaram a superar barreiras que me paralizavam.
E quando eu caía, e ouvia os risos, podia vê-los sempre me ajudando a levantar, e apontando qual foi o erro que me fez cair de tal forma.
Foram estes, os que me ensinaram tudo o que eu considero precioso, e me mostraram que ser quem você é a única fórmula de encontrar pessoas feitas sob medidas pra si mesmo.
Aceitar-se vai muito além de se olhar no espelho e sorrir, ou se auto-afirmar o tempo todo.
Isso eu aprendi com os que foram fiéis a mim, aos que não me abandonaram no primeiro obstáculo, nem no segundo.
E é claro que existe um lugar especial para pessoas assim!

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Ser chique é...

Nunca o termo "chique" foi tão usado para qualificar pessoas, como nos dias de hoje. A verdade é que ninguém é chique por decreto. E algumas boas coisas da vida, infelizmente, não estão à venda. Elegância é uma delas. Assim, para ser chique é preciso muito mais que um guarda-roupa ou closet recheado de grifes famosas e importadas. Muito mais que um belo carro italiano.

O que faz uma pessoa chique, não é o que essa pessoa tem, mas a forma como ela se comporta perante a vida.
Chique mesmo é quem fala baixo. Quem não procura chamar atenção com suas risadas muito altas, nem por seus imensos decotes e nem precisa contar vantagens, mesmo quando estas são verdadeiras.
Chique é atrair, mesmo sem querer, todos os olhares, porque se tem brilho próprio.
Chique mesmo é ser discreto, não fazer perguntas ou insinuações inoportunas, nem procurar saber o que não é da sua conta.
Chique mesmo é parar na faixa e dar passagem ao pedestre e evitar se deixar levar pela mania nacional de jogar lixo na rua.
Chique mesmo é dar bom dia ao porteiro do seu prédio e às pessoas que estão no elevador. É lembrar do aniversário dos amigos.
Chique mesmo é não se exceder jamais! Nem na bebida, nem na comida, nem na maneira de se vestir.
Chique mesmo é olhar nos olhos do seu interlocutor. É "desligar o radar" quando estiverem sentados à mesa do restaurante, e prestar verdadeira atenção à sua companhia.
Chique mesmo é honrar a sua palavra, ser grato a quem o ajuda, correto com quem você se relaciona e honesto nos seus negócios.
Chique mesmo é não fazer a menor questão de aparecer, ainda que você seja o homenageado da noite!
No entanto, para ser chique, chique mesmo, você tem, antes de tudo, de se lembrar sempre de quão breve é a vida e de que, ao final e ao cabo, vamos todos retornar ao mesmo lugar, na mesma forma de energia.
Portanto, não gaste sua energia com o que não tem valor, não desperdice as pessoas interessantes com quem se encontrar e não aceite, em hipótese alguma, fazer qualquer coisa que não lhe faça bem. Porque, no final das contas, chique mesmo é ser feliz!

Uma grande mulher não precisa de homem para se destacar.

Homem tem medo de mulher independente! Pior ainda: Homem tem medo de mulher que BOMBA! Aí que o cara conhece uma gata, linda e com estilo nada convencional de se vestir, bebe tanto quanto ele. Se ele não quiser sair, ela sai só com as amigas, topa qualquer saída… Não tem tempo ruim, banca suas coisas. Se tiver meio sem grana, se diverte como dá. Se tiver bem de dinheiro, pode até pagar pras amiga...s. Conversa com todo mundo, conhece muita gente. Falando assim, parece bem divertido ficar com uma mulher dessa… E é! O problema é que grande parte dos homens não segura a onda de uma mulher pau-a-pau com eles, aí eles namoram a Sandy, a Sandy é fácil de namorar. Ela sai, mas não dança até o chão, ela não bebe. Nada de decotes ou mini saias. Se o namorado não quiser, ela não sai. Ficam em casa, assistindo comédias românticas… Mas quer saber? Mulher que bomba dispensa homem sem coragem! Mulher de verdade assusta! Uma grande mulher não precisa de homem para se destacar, mas para ser um grande homem com certeza precisa-se de uma grande mulher!!!
Autor Desconhecido

Aprendi e decidi


E assim, depois de muito esperar, num dia como outro qualquer, decidi triunfar...
Decidi não esperar as oportunidades e sim, eu mesmo buscá-las.
Decidi ver cada problema como uma oportunidade de encontrar uma solução.
Decidi ver cada deserto como uma possibilidade de encontrar um oásis.
Decidi ver cada noite como um mistério a resolver.
Decidi ver cada dia como uma nova oportunidade de ser feliz.
Naquele dia descobri que meu único rival não era mais que minhas próprias limitações e que enfrentá-las era a única e melhor forma de as superar.
Naquele dia, descobri que eu não era o melhor e que talvez eu nunca tivesse sido.
Deixei de me importar com quem ganha ou perde.
Agora me importa simplesmente saber melhor o que fazer.
Aprendi que o difícil não é chegar lá em cima, e sim deixar de subir.
Aprendi que o melhor triunfo é poder chamar alguém de"amigo".
Descobri que o amor é mais que um simples estado de enamoramento, "o amor é uma filosofia de vida".
Naquele dia, deixei de ser um reflexo dos meus escassos triunfos passados e passei a ser uma tênue luz no presente.
Aprendi que de nada serve ser luz se não iluminar o caminho dos demais.
Naquele dia, decidi trocar tantas coisas...
Naquele dia, aprendi que os sonhos existem para tornar-se realidade.
E desde aquele dia já não durmo para descansar...
Simplesmente durmo para sonhar.

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

A lição do bambu chinês

Depois de plantada a semente deste incrível arbusto, não se vê nada, por

Aproximadamente 5 anos exceto lento desabrochar de um diminuto broto, a
Partir do bulbo.
Durante 5 anos , todo o crescimento é subterrâneo, invisível a olho nu,
Mas...
Uma maciça e fibrosa estrutura de raiz, que se estende vertical e horizontalmente pela terra está sendo construída.
Então, no final do 5º ano, o bambu chinês, cresce até atingir a altura de 25 metros.

Muitas coisas na vida pessoal e profissional são iguais ao bambu chinês. Você trabalha, investe tempo, esforço, faz tudo o que pode para nutrir seu crescimento, e, às vezes não vê nada por semanas, meses, ou anos.
Mas se tiver paciência para continuar trabalhando, persistindo e nutrindo, o seu 5º ano chegará, e, com ele, virão um crescimento e mudanças que você jamais esperava...
O bambu chinês nos ensina que não devemos facilmente desistir de nossos projetos, de nossos sonhos..
Em nosso trabalho, especialmente, que é um projeto fabuloso que envolve mudanças...
De comportamento, de pensamento, de cultura e de sensibilização.
Para ações devemos sempre lembrar do bambu chinês, para não desistirmos facilmente diante das dificuldades que surgirão.
Tenha sempre três hábitos:
Persistência, paciência e fé, porque todos merecem alcançar os seus sonhos!!!
É preciso muita fibra para chegar às alturas e, ao mesmo tempo, muita Flexibilidade para se curvar até o chão!!!
Autor Desconhecido

Preparativos para uma morte anunciada.

Onofre, acabei de pegar teu exame. O médico disse que você vai morrer em uma semana.

Hein? O que?
Você morre terça-feira que vem, dia 25, Dia do Soldado.
Mas... que coisa horrível!
Horrível, por quê? Melhor que morrer, sei lá, no Dia do Índio, no Dia da Secretária, no Dia do Ginecologista...
Meu Deus! Vou morrer em uma semana e você me conta assim, na bucha, sem me preparar?
Deixa de ser infantil, Onofre. Você não é prato de bacalhau para eu te preparar.
Uma semana... Eu estou chocado! Se bem que...
O quê?
Quer saber? De certa forma foi bom saber logo. Assim, aproveito o tempo que resta. Vou viajar, beber e comer tudo que eu tenho direito.
Aí é que está, Onofre. Você vai ter que fazer dieta.
Dieta?
Para emagrecer. O caixão que a gente tem não é seu número. Com essa barriga, você não entra naquele ataúde de jeito nenhum. Só entra de lado. Você quer ser enterrado de lado, Onofre?
Claro que não! Mas, não dá pra trocar de caixão?
É da loja do teu primo. Fui do médico direto para lá e foi o que ele me deu. Ele só trabalha com modelagem única e a gente não tem dinheiro para comprar outro.
Mas, não é justo! Tenho que fazer regime na última semana da minha vida?
E ginástica e cooper. Talvez até balé. Só regime não vai dar conta dos 15 kg que você precisa perder. Já te matriculei numa academia.
Mas...
Outra coisa: não esquece de começar a convidar as pessoas para o velório.
Eu?
É, ué. Não é você que vai morrer? Era só o que me faltava: você é que vai morrer e eu é que tenho o trabalho.
Mais uma coisa: você vai ter que visitar a tia Augusta.
Ah, não! Visitar a tia Augusta, não! Estou brigado com ela, você sabe disso.
Vai na quinta-feira. Já marquei.
Assim não dá! Eu, pensando que ia passar uma semana boa, tranqüila, esperando para morrer... mas nada. Já vi que vai ser um inferno. E se eu não for na casa da tia Augusta?
Ela vai se sentir culpada por não ter feito as pazes antes de você morrer e vai acabar morrendo de desgosto.
E, eu com isso? Não quero saber.
Não quer saber? Acontece que está provado que uma pessoa leva, em média, uns seis meses para morrer de desgosto.
E daí?
Daí que, daqui a seis meses, é o casamento da tua filha. Se a tua tia morrer, a gente vai ter que adiar o casamento. E se a gente adiar é capaz do noivo desistir de casar. Se ele desistir, tua filha vai ficar arrasada e pode sair por aí namorando o primeiro que aparecer na frente. E o primeiro que aparecer na frente pode ser um drogado. E tua filha pode virar uma drogada. E daí para o crime e para a prostituição é um passo. E daí ela pode...
Chega! Vou visitar a tia Augusta!
Ótimo.
Que mais? O que mais você quer que eu faça nessa semana? Já está perdida mesmo...
Mais nada. Só cavar sua cova para economizar no coveiro, que está saindo pela hora da morte.
Mas..
Fala!
E se, por um acaso, eu não morrer?
Tá maluco, Onofre? Depois desse trabalhão todo? Nem pensa nisso! Esquece essa possibilidade!
É que, de repente...
De repente, uma pinóia! Vê lá, hein, Onofre? Não vai me fazer a gracinha de aparecer no teu velório vivo!

Autoria de Elisa Palatnik

Plantar amor

Plantei amor, colhi saudade.
Meu peito se desfez em dor.
Vou plantar minha saudade
Pra ver se dela nasce flor.

Teu amor foi a roseira
Que me deu flor e espinhos
Mesmo assim eu quero sempre
Ter teu beijo e teu carinho.

Eu plantei uma roseira
Durante o frio mês de agosto,
Ela cresceu e floresceu,
Deu flor que tinha seu rosto.

Medos.


"Temos medo,
Muito medo!
Medo de encarar a realidade cruel,
Dolorida.
Temos medo de olhar as pessoas.
E ver o que vai em seu rosto,
Em sua alma,
Em seu interior
Em seu coração
Em seu íntimo.
Temos medo do que os outros veem em nós.
Medo de que nos invadam.
A casa,
O coração,
O corpo,
A alma,.
Nosso ser mais íntimo.
E nos escondemos,
Esquivamos,
Fugimos.
Dos Lugares,
Das pessoas,
Da vida!!!"


"Se nunca abandonas o que é importante para ti, se te importas tanto a ponto de estares disposto a lutar para obtê-lo, asseguro-te, que tua vida estará plena de êxito. Será uma vida dura, por que a excelência não é fácil, mas valerá a pena!"

A um passarinho!


Para que vieste
Na minha janela
Meter o nariz?

Se foi por um verso
Não sou mais poeta
Ando tão feliz!
Se é para uma prosa
Não sou Anchieta
Nem venho de Assis.


Deixa-te de histórias
Some-te daqui!



Vinicius de Moraes.

Ninguém nunca se arrependeu de ESTUDAR demais ;)


Êxito e derrota são duas bandejas que retém matérias-primas diferentes, mas que nos conduzem ao mesmo legado sublime: O aprendizado!!!

As duas flores



São duas flores unidas,
São duas rosas nascidas
Talvez no mesmo arrebol,

Vivendo no mesmo galho,
Da mesma gota de orvalho,
Do mesmo raio de sol.
Unidas, bem como as penas
Das duas asas pequenas
De um passarinho do céu...

Como um casal de rolinhas,
Como a tribo de andorinhas
Da tarde no frouxo véu.
Unidas, bem como os prantos,
Que em parelha descem tantos
Das profundezas do olhar...

Como o suspiro e o desgosto,
Como as covinhas do rosto,
Como as estrelas do mar.
Unidas... Ai quem pudera
Numa eterna primavera
Viver, qual vive esta flor.

Juntar as rosas da vida
Na rama verde e florida,
Na verde rama do amor!

Castro Alves

Talvez este seja o meu maior desejo: perceber, no olhar do outro, a mais sagrada de todas as afirmações: Eu desejo que você exista!"
(Rubem Alves)